nº 2 – 2015 – Africanidades

Revista

Neste número da revista Lusotopia apresentamos um conjunto de artigos relacionados com a questão das heranças africanas na construção de identidades na época contemporânea. Alda Costa aborda o trabalho do escultor moçambicano Jorge Dias. Eduardo Withe, poeta moçambicano falecido este ano, com o artigo “A língua portuguesa usa capulana” aborda a sempre difícil questão dos sentidos das heranças da língua, João Lindolfo Filho, com as “Songs for Freddom, aborda a problemática da música de matrx afro no Brasil actual. Paulo di Tarso Araújo aborda questão da mestiçagem e da modernidade na matriz afro brasileira e finalmente Pedro Pereira Leite, aborda a questão da escultura maconde e a construção da ideia de Moçambicanidade.

Como é habitual são textos republicados de diferente origens. Agradecemos aos autores a gentileza da sua publicação, e integramo-los como um conjunto para entendimento da pluralidade dos sentidos na construção das identidades e heranças nos espaços lusotópicos.

Alda Costa Jorge Dias: olhar o passado de soslaio, abraçar avidamente o presente.

João Lindolfo Filho  Songs For Freedon.

Eduardo With A Lusografia, a Lusofonia e Eu.

Saulo di Tarso Begliomini de Araújo A mestiçagem e a modernidade brasileira no Museu Afro

Pedro Pereira Leite A emergência da Escultura Makonde e a ideia de Moçambicanidade