Tristes Fados e Diálogos sobre os Patrimónios

Museu AfroDigital - Estação Portugal

dialogosurbanos

A propósito do posta anterior, já tínhamos apresentado este livro Diálogos Urbanos de Carlos Fortuna e Rogério Proença Leite, publicado em 2013, na série Cidades e Arquitectura da coleção CEs da editora Almedina,

Do seu prefácio afirma-se “Diálogos Urbanos é um livro sobre proximidades e distâncias entre e dentro das cidades. Escrito com um olhar crítico, o livro enfrenta o desafio duplo de revelar aquilo que estas proximidades e distâncias mostram e aquilo que tornam invisível ou escondem” .

Esta proposta materializa-se no trabalho através de três secções. (I) Territórios em Mudança, (II) Expressões de Cultura, e (III) Património em Diálogos.

Nesta última secção retemos o dialogo entre os processos de patrimonialização do Fado em Lisboa e do Samba no Rio de Janeiro. Luciana Mendonça e Paula Abreu falm das diferenças e das semelhanças entre os dois processos. Trata-se dum assunto que nos interessa, ao qual temos vindo…

Ver o post original 21 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s